Siga-nos por e-mail

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Exposição


Nota de imprensa

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada inaugura, no próximo dia próximo dia 25 de setembro, pelas 18h00, a exposição Alice Moderno (1867-1946): cidadania e intervenção.
A presente exposição pretende evocar o nome desta mulher exemplar, única no seu tempo, cujo quadro de ação e intervenção na comunidade, para além de vasto, deixou marcas significativas até aos nossos dias. Professora, poetisa, jornalista, mulher de negócios, feminista, protetora dos animais, benemérita, voz crítica na esfera política, Alice Moderno foi uma mulher de convicções, lutas e ruturas, em períodos da história portuguesa nos quais o género feminino permanecia muito marcado por uma cultura de gineceu. De primeira jovem mulher a frequentar o Liceu de Ponta Delgada a professora dedicada e reconhecida, de escritora de vários géneros literários à fundadora e diretora de dois jornais, mas também da Sociedade Micaelense Protetora dos Animais, de mulher com forte intervenção cívica à gestora plurifacetada e bem-sucedida, esta exposição pretende projetar Alice Moderno nas vertentes que mais a distinguiram e mais marcas deixaram na comunidade e na documentação. Graças aos estudos realizados por Maria da Conceição Vilhena, mas também às cartas escritas a Joaquim de Araújo (n.1858-m.1917), aos artigos de jornais que assinou, aos poemas e escritos diversos, é possível hoje evocar esta mulher independente, multifacetada, frontal, comprometida com os outros e com a justiça, capaz de enfrentar críticas, hostilidades e contextos particularmente difíceis para o seu e para qualquer tempo.
Esta exposição estará patente na ala de exposições da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, no piso 0, de 25.09. 2015 a 16.04.2016.

Sem comentários:

Enviar um comentário